Blog especializado em notícias policiais em Piracicaba e região

Menino escreve carta para PMs baleados em tentativa de roubo; gesto de carinho comoveu aos colegas de profissão

“Força e Honra!”. 

Foi com estas duas palavras que um menino, morador de Rio das Pedras, começou sua cartinha para os PMs baleados esta semana em uma tentativa de roubo, na mesma cidade, e foi levar na unidade policial onde eles trabalham.

Com dizeres simples, o garoto comoveu a muitos profissionais da corporação e a carta já foi compartilhada nas redes sociais. O menino escreveu que ficou sabendo o que ocorreu com os dois militares e que ficou muito triste.

“Estou aqui, por meio desta carta, pedindo a Deus que os dois fiquem bons e possam voltar a patrulhar a nossa cidade”, declarou. “Não podemos perder os dois PMs mais queridos da cidade”, acrescentou.

E continuou o garoto: “sem vocês, as coisas não seriam as mesmas”. O menino, que sonha ser policial militar, disse que vê nos dois PMs feridos uma inspiração para seguir carreira na Rocam (Ronda Ostensiva com Apoio de Motocicletas), modalidade da qual os dois militares fazem parte.

O pequeno admirador da Polícia Militar encerrou escrevendo: “Sei que é uma carta pequena, mas escrevi com AMOR E CARINHO. Abraços”.

No meio da folha ele escreveu, em letras garrafais e com caneta vermelha: FORÇA”.

“Que Deus os proteja de todo o mal”, terminou a carta.

Ao lado, o estudante fez a seguinte observação: “Sei que minha letra não é das melhores, mas o jeito que encontrei de homenageá-los”.

E finalizou: “Com amor e carinho”. Gabriel André Soave

O QUE ACONTECEU

Na noite da última terça-feira (30 de julho), passando em uma rua de Rio das Pedras, os militares desconfiaram do portão entreaberto, pararam e se aproximaram para ver se havia algo de errado.

Neste momento, eles deram de cara com um criminoso mantendo a dona da casa refém. Ao ver os militares, o marginal colocou a vítima á sua frente deixando-a como um escudo protetor.

O bandido atirou acertando um dos PMs. O outro, na tentativa de tirar o colega de trabalho da linha de tiro, acabou sendo atingido também. O ladrão foi baleado no pescoço, mas está preso sob escolta policial.

Um dos militares foi medicado e liberado na mesma noite e o outro passou por cirurgia permanecendo, até esta data, sob cuidados médicos. A dona da casa, que levou um tiro de raspão, também foi medicada e liberada.

Foto: Divulgação

redação

Deixe seu Comentário

Online

contador de visitantes

Hospedado por ServerPro