Blog especializado em notícias policiais em Piracicaba e região

Filho mata o pai em Americana e mãe diz à polícia que foi suicídio; houve uma confusão na residência

Uma briga numa casa em Americana, na noite de ontem, terminou em tragédia: o filho acabou assassinando o pai, um policial militar aposentado.

O que intrigou a polícia é que o chamado que chegou ao 190 foi que se tratava de suicídio. Porém, durante o registro da ocorrência, o filho confessou ter esfaqueado seu pai.

O crime aconteceu às 22h21, na rua Antônio Feliciano Castilho, na Vila Amorim. O cabo Couto e soldado Marques foram chamados para irem à casa, porque a esposa do PM estava ao telefone informando ao atendente do 190 que seu marido havia acabado de atentar contra a própria vida, utilizando uma faca.

No local, os militares viram o homem caído no chão da sala, com ferimentos pelo corpo. Em seguida, chegou o resgate do Corpo de Bombeiros auxiliando no primeiro atendimento e socorrendo a vítima ao Hospital Municipal Americana, onde faleceu.

Mãe e filho acompanharam tudo e foram qualificados. Enquanto a perícia era realizada, o filho falou que cometeu o crime. Ele foi preso em flagrante e levado para a Central de Polícia Judiciária.

A mulher também foi levada para a delegacia. Ela e o filho apresentavam lesões e foram medicados. O filho tem 28 anos.

A ocorrência teve apoio da capitão Carolina, da cabo Claudia Leal, tenente Bruno, cabo Andrioto, sargento Mattos, cabo Elton, cabo Forato e soldado Meche.

redação

Deixe seu Comentário

Online

contador de visitantes

Hospedado por ServerPro